Beleza Sustentável!

Perdeu nossa live? Fica ligado pra próxima! Mas pra não ficar por fora se liga neste artigo que fala um pouco nos assuntos que abordamos!



1.Como deixar sua Rotina de beleza sustentável!


Existem diversas alternativas que ajudam a diminuir o impacto ambiental, mas o pontapé inicial é a conscientização de que pequenas mudanças em nossos hábitos fazem uma enorme diferença.


Fique atenta aos rótulos!


Faça sempre uma análise nos rótulos dos produtos que deseja consumir, a fim de evitar aqueles que são mais tóxicos para a sua saúde e ainda prejudicam o meio ambiente.

Na hora da pesquisa, é importante investigar se a marca do produto que você quer consumir é sustentável ou apoia o movimento, pois assim você também passa a contribuir fortalecendo a empresa que produz.


Que tal consumir produtos CRUELTY-FREE?


Quando passamos a adotar uma beleza sustentável, devemos levar em consideração que o que nos levou a seguir esse estilo de vida, acima de tudo, foi o consumo consciente. Portanto, opte por produtos que são cruelty-free. Ao fazer essa escolha, você salva cento e cinquenta animais a cada item. Cuidar do planeta também é cuidar dos animais! E para ter certeza de que a mercadoria desejada é cruelty-free, procure pelo selo de organizações internacionais na embalagem, como o PETA.


A Miwah Beleza e Saúde apoia a beleza Sustentável!


Estamos a todo momento pensando em nossa beleza e acabamos nos esquecendo de cuidar também do nosso planeta. Que tal apoiar uma marca que trabalha com cosméticos sustentáveis e cruelty-free? Acesse o site da Miwah - Beleza e Saúde e faça parte desse movimento. Ajude a mudar o mundo para melhor!


2. Com a origem da cultura oriental a tendência dos cosméticos vem conquistando o mundo.


Com origem dentro da cultura oriental, a tendência dos cosméticos naturais vem conquistando outras regiões do mundo, chegando com força ao Brasil. Com o desenvolvimento de um pensamento mais ecológico, o consumidor está buscando um item eficiente para a pele, e que tenha um impacto menos negativo no meio ambiente.


O Japão é um grande influente no assunto “beleza”, exportando várias dicas e produtos relacionados com o cuidado com a pele, como a rotina conhecida como K-Beauty

A tendência da vez é a busca por alternativas que somem responsabilidade e sustentabilidade. É aí que os cosméticos naturais começam a ganhar espaço, fazendo parte do movimento chamado de “Beleza Verde”.


3. Desenvolvimento de um pensamento mais ecológico e a beleza verde.


Essa tendência cresceu tanto que deu origem ao “Selo Beleza Verde", que funciona como um novo modelo de certificado de qualidade em salões de beleza. O selo tem como objetivo disseminar a consciência ambiental, buscando incentivar ações sustentáveis dentro de salões de beleza.

Essas ações incluem desde a utilização de produtos que tenham embalagens e fórmulas menos nocivas para o meio ambiente, incluindo os produtos veganos (sem utilização de matéria-prima de origem animal) e cruelty free (sem crueldade), que tem no rótulo o desenho de um coelhinho, indicando que os ingredientes do produto não foram testados em animais.


4.Mudando os hábitos.


Entrar no mundo da “beleza verde” pode parecer complicado, mas está relacionado com uma mudança de hábitos e de consumo. Para você entender melhor como iniciar essa prática, as dicas são:

  1. Aproveitar cada produto até o fim

Sabe a embalagem da pasta de dente? Você já deve ter reparada que ela facilita o uso até o final do produto. Alguns cosméticos em bisnaga são fáceis de serem utilizados até o restinho, porém as embalagens de tubo, por exemplo, já são mais complicadas.

Nesses casos você pode, e deve, cortar as embalagens, como as de protetor solar, para conseguir utilizar até aquele resto de produto que fica no fundo.

2. Substituição do algodão

Item indispensável para limpeza de pele, o algodão é uma das fibras que mais utiliza substâncias tóxicas dentro do seu cultivo. Quem diria, não é mesmo? A ideia é substituir o algodão por discos de crochê, que podem ser reutilizados depois de lavados. Menos um descarte e ainda pode ser lavado na máquina!





Fonte: farmabiz.com.br/

32 visualizações0 comentário